Como Diluir Noradrenalina?

16 fev

Fala, galera! Curtiu o primeiro vídeo? Já perdeu o medo dos cálculos? Nossa saga na diluição de medicamentos continua!

Você, nos seus plantões, já deve ter presenciado seu staff falar: “O paciente está muito hipotenso, vamos iniciar a noradrenalina.” Mas e aí? Como é essa diluição? Qual a dosagem adequada para o paciente? Sabe calcular?

Se você não sabe, vem com a gente que a Sala te explica e, se você já sabe, vamos relembrar um pouco com o nosso segundo vídeo sobre cálculo de medicações. Agora que você já domina tudo do primeiro vídeo, vem com a gente aprender um pouquinho sobre diluição de noradrenalina!

Curtiram esse conteúdo? Acompanhe muitos outros temas com a gente! Entre em nosso site e conheça o trabalho da nossa equipe e fique por dentro do que vem por aí: http://www.salavermelha.com.br/

Faça valer a pena! Faça valer a vida!

Bruno Siqueira

Referências Bibliográficas:

1) FAKIH, Flávio Trevisani. Manual de diluição e administração de medicamentos injetáveis. Rio de Janeiro: Reichmann&Affonso, 2000.

2) FONTINELE JÚNIOR, Kinger. Administração de medicamentos em Enfermagem. Goiânia: AB, 2003.

2 comentários para “Como Diluir Noradrenalina?

  1. Eu tenho uma formula q serve para qlquer droga desde q se sqiba qual sua diluição. Acho mais fácil pois essa fórmula de 200 x ml / kg/60 somente serve para noradrenalina…
    A fórmula seria em unidades
    mlh= kg x 60min x mcgkgmin / mcgml

    Nao sei se deu pra entender
    Entao eu ja sei q 4 ampolas de nora de 1mg/ml em 234ml de sf que e a diluição da maioria das terapias intensivas, tem 64mcg /ml com isso em mente eu tento posso calcular qtos ml/h inicio a infusao qto da pra saber qto mcg porkg por min ta sendo administrado no pcte pelas contas acimas.
    A dobuta de uma ampola ma diluição paea 250 tem 1000mcg/ml
    Nao sei se ajuda assim!

    Abcs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *